Governo não comparece novamente e audiência sobre normas de atendimento à pessoa LGBT no Sistema Socioeducativo é remarcada

A Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa de Minas Gerais marcou uma nova audiência pública em substituição da que aconteceria nesta segunda-feira (02/07) e não foi realizada em razão da ausência dos representantes do Governo. A reunião tinha como objetivo discutir os procedimentos de revista estabelecidos pela Resolução nº 18, de 2018, da Secretaria de Estado de Segurança Pública(Sesp), para o atendimento e tratamento da pessoa LGBT no âmbito do sistema socioeducativo do Estado. 

Leia mais...

Caos no IPSM e IPSEMG é denunciado na Assembleia e servidores cobram do Governo e dos Comandos pagamento de dívida

A Comissão de Segurança Pública da Assembleia realizou nesta quinta-feira (28/06) nova audiência para dar prosseguimento ao debate sobre a situação financeira do Instituto de Previdência dos Servidores Militares de Minas Gerais – IPSM. O principal objetivo é cobrar do Governo o pagamento do desvio de R$ 3 bilhões, valor que está levando ao caos o atendimento à saúde dos segurados e seus familiares, com cortes de atendimentos por todo o Estado. A semelhante situação do IPSEMG também foi tema das discussões. 

Leia mais...

Enquanto servidores públicos de Minas estão com salários atrasados, secretários embolsam mais de R$73 mil e coronéis da PM recebem diárias em dia

Em entrevista ao programa Visão Parlamentar da TV Assembleia, na tarde desta quinta-feira, 21/6/2018, o deputado Sargento Rodrigues afirmou que enquanto os servidores públicos estaduais passam dificuldades com os atrasos dos salários, o Secretário de Estado de Planejamento e Gestão, Helvécio Magalhães, recebe mais de R$74 mil por mês. 

Leia mais...

Procedimentos de revista em adolescente transgênero e questionado por agentes socioeducativas

Constrangimento, violação, insegurança, assédio e pressão, foram alguns dos relatos das agentes socioeducativas na audiência pública realizada pela Comissão de Segurança Pública, desta terça-feira (12/06) na Assembleia Legislativa para o debate sobre os procedimentos de revista estabelecidos pela Resolução nº 18, de 2018, da Secretaria de Estado de Segurança Pública(Sesp), para o atendimento e tratamento da pessoa LGBT no âmbito do sistema socioeducativo do Estado.

Leia mais...

Abandono, sucateamento e desrespeito com a segurança pública levam Servidores a ocuparem o Palácio da Liberdade

Na tarde dessa quarta-feira, 06/06, os servidores da segurança pública de Minas Gerais escreveram mais um importante capítulo na história de lutas e conquistas da classe. Em ato público, que reuniu cerca de 3 mil manifestantes na Praça da Liberdade, protestaram contra o caos que o atual Governo instalou no Estado, liderados pelo Deputado Sargento Rodrigues e presidentes das entidades de classe CSCS, ASPRA, AMEM e ASCOBOM, com efetivo apoio do deputado Federal Subtenente Gonzaga, SINDPOL, AMASP, entre outras.

Leia mais...

Eduardo Azeredo, algoz dos militares mineiros, não é bem quisto no quartel do 1º BM

O deputado Sargento Rodrigues questionou oficialmente à decisão do Juiz Titular da Vara de Execuções Penais de Belo Horizonte, Luiz Carlos Rezende e Santos, de determinar que o ex-governador Eduardo Azeredo cumpra sua pena nas dependências do Quartel do 1º Batalhão do Corpo de Bombeiros Militares. Em ofício, solicitou ao referido juiz que verifique a possibilidade da transferência para uma penitenciária ou mesmo para uma unidade da Apac, na região metropolitana da capital. 

Leia mais...

Atuação do Gaeco, em Uberlândia, é questionada por representantes da Polícia Civil

A Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa de Minas Gerais realizou audiência pública nesta quinta-feira (24/05), para discutir a atuação e procedimentos adotados pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público Estadual, no Município de Uberlândia, no Triângulo Mineiro. O principal questionamento feito por representantes da Polícia Civil foi sobre a atuação do grupo durante a execução da Operação Fenix, em dezembro de 2017. A acusação é de que teriam desrespeitado prerrogativas de advogados e policiais civis na realização das prisões, buscas e apreensões, sob a acusação de corrupção, além de irregularidades na condução das delações premiadas.

Leia mais...

Ações Sargento Rodrigues

GABINETE

Rua Rodrigues Caldas, 79 | Edifício Tiradentes
5º andar | Sala 2 | Bairro Santo Agostinho
Belo Horizonte/MG | CEP: 30190-921
Tel: 31 2108-5200 | Fax: 31 2108-5201

Será um prazer receber sua mensagem e agradecemos a sua participação. Aproveite e cadastre-se para receber em seu e-mail as últimas notícias sobre o mandato do deputado Sargento Rodrigues.