Militares cobram do governo pagamento dos R$ 3 bilhões desviados do IPSM

A situação financeira do Instituto de Previdência dos Servidores Militares (IPSM) foi tema da audiência que a Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) realizou nesta quarta-feira (11/4/18). A ausência de representantes dos Comandos da Polícia e do Corpo de Bombeiros Militar, além da Diretoria do Instituto, foi repudiada pelo Deputado Sargento Rodrigues, autor do requerimento para a reunião. “Isso é a prova do descaso de quem deveria lutar ao nosso lado para salvar o IPSM, que também é deles.

Leia mais...

Oficiais do Corpo de Bombeiros não comparecem à audiência para esclarecer abertura de IPM contra presidente da Ascobom

O corregedor do Corpo de Bombeiros, coronel Marcus José Tibúrcio Lima, e o capitão Luiz Frederico Barreto Pascoal, chefe da Divisão de Auditoria do Serviço de Segurança contra Incêndio e Pânico da Diretoria de Atividades Técnicas do Corpo de Bombeiros, não compareceram à audiência pública da Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa, realizada na manhã desta terça-feira (10/04). Os deputados Sargento Rodrigues e João Leite, autores do requerimento, pretendiam ouvir os oficiais sobre a instauração de inquérito policial militar contra o sargento Alexandre Rodrigues, presidente da Associação dos Servidores do Corpo de Bombeiros e Polícia Militar (Ascobom-MG), em razão da sua participação em audiência pública na ALMG, quando fez críticas ao comando-geral da corporação e ao Governo do Estado.

Leia mais...

Atos de vandalismo criminoso

Hoje à tarde estive em frente ao prédio, no bairro Santo Agostinho, em Belo Horizonte, onde a Ministra Cármen Lúcia, Presidente do STF, tem um apartamento. Militantes do PT, PSOL e PCdoB, encostaram alguns ônibus e fizeram um verdadeiro terrorismo, uma baderna, uma série de pichações com a cor do PT. Isso é crime de depredação e existe uma tipificação do Código Penal.

Leia mais...

Atenção servidores da segurança pública de Minas Gerais: governo revoga concessão de auxílio-refeição divulgada no dia 5 de abril

Conforme publicado no Jornal O TEMPO, o Governo de Minas revogou a resolução que previa o aumento do auxílio-refeição aos servidores. Segundo o jornal, após publicar no Diário Oficial do Estado “Minas Gerais” a Resolução COF nº01, de 04/04/2018, que tratava da concessão de auxílio-refeição ao servidor público ocupante de cargo de provimento efetivo ou em comissão, bem como ao detentor de função pública e ao contratado, o governo de Minas voltou atrás e disse que a publicação foi “precipitada”.

Leia mais...

Cemig deve aumentar conta de luz em 25% em Minas Gerais

Jornal O Tempo desta quarta-feira, 4 /4/2018, publicou a matéria “Cemig tem lucro de R$ 1 bilhão em 2017”. Durante a campanha, em 2014, Fernando Pimentel, do PT, afirmou que a energia elétrica de Minas Gerais era uma das mais caras do Brasil e que assumia o compromisso de reduzir o imposto do ICMS no Estado. 
Na mesma matéria, o jornal afirma que “mesmo assim, estatal deve reajustar tarifas em 25%, na média”, ou seja, aumentando o ICMS em Minas Gerais. O Governador Fernando Pimentel aumentou, ainda, o ICMS de mais de 180 produtos, como materiais escolares e remédios. Este é o jeito estelionatário do Governo do PT em Minas. 
Temos que dar um basta. O cidadão não aguenta mais pagar tantos impostos.

Agentes socioeducativos denunciam assédio moral e condições de trabalho inadequadas nas unidades do Estado

As condições de trabalho dos agentes socioeducativos foram discutidas hoje (03/04) em audiência pública, realizada pela Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa. Denúncias de assédio moral, carga horária abusiva, desvio de função, falta de efetivo, não pagamento de diárias e viaturas sucateadas foram apresentadas pelos servidores, que estão em greve desde ontem no Estado, com cerca de 90% de adesão, de acordo com informações dos representantes.

Leia mais...

Governo do PT, em Minas, silencia sobre salários e servidores relatam sofrimento

Na manhã desta terça-feira, 3/4/2018, durante a audiência pública da Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), presidida pelo deputado Sargento Rodrigues, os agentes socioeducativos presentes na reunião fizeram várias denúncias contra o atual Governo. Entre elas, falaram do parcelamento dos salários, como também da escala de pagamento que não foi divulgada até esta data.

Leia mais...

Ações Sargento Rodrigues

GABINETE

Rua Rodrigues Caldas, 79 | Edifício Tiradentes
5º andar | Sala 2 | Bairro Santo Agostinho
Belo Horizonte/MG | CEP: 30190-921
Tel: 31 2108-5200 | Fax: 31 2108-5201

Será um prazer receber sua mensagem e agradecemos a sua participação. Aproveite e cadastre-se para receber em seu e-mail as últimas notícias sobre o mandato do deputado Sargento Rodrigues.