DEPUTADO SARGENTO RODRIGUES VOTA CONTRA O PROJETO QUE CRIA MAIS AUXÍLIOS PARA OS MEMBROS DO MINISTÉRIO PÚBLICO

O deputado Sargento Rodrigues, na última quarta-feira, 4/12/2018, votou contra o Projeto de Lei Complementar nº 78/2018, em primeiro e segundo turnos, que cria um auxílio de 10%, pagos mensalmente, a todos os integrantes do Ministério Público, como auxílio-saúde. Rodrigues foi o único deputado a usar a tribuna da Assembleia Legislativa para encaminhar a matéria e denunciar o que estava sendo votado.

Segundo o deputado, os membros do MP recebem o suficiente para custear estas despesas. “Não é apenas esses 10%. São outros penduricalhos que a Assembleia, o conjunto de deputados e deputadas precisam ter coragem para enfrentar. Também tem auxílio-moradia, auxilio livro, tantos outros penduricalhos que compõem a estrutura de vencimentos do MP”, afirmou.

Na ocasião, Sargento Rodrigues ressaltou que os servidores públicos estaduais estão há quatro anos sem receber a recomposição das perdas inflacionárias, que já chega a 25.71%, segundo o IPCA. Esses mesmos servidores estão há três anos recebendo seus salários atrasados e parcelados. Até o presente momento, o Governo de Minas não divulgou a escala de pagamento dos servidores do executivo, tampouco uma previsão para pagamento do 13º salário.

Assista o vídeo: 

Voltar
Ações Sargento Rodrigues

GABINETE

Rua Rodrigues Caldas, 79 | Edifício Tiradentes
5º andar | Sala 2 | Bairro Santo Agostinho
Belo Horizonte/MG | CEP: 30190-921
Tel: 31 2108-5200 | Fax: 31 2108-5201

Será um prazer receber sua mensagem e agradecemos a sua participação. Aproveite e cadastre-se para receber em seu e-mail as últimas notícias sobre o mandato do deputado Sargento Rodrigues.