Suspeitos são presos por tráfico de drogas em Contagem, na Grande BH

Dois homens foram presos na CeasaMinas, em Contagem, na Grande BH, acusados de envolvimento com a venda de drogas. A polícia encontrou 20 quilos de maconha em um carro. Um homem disse que foi contratado como motorista e que foi ameaçado quando descobriu que havia droga no carro.

Os suspeitos não trabalhavam na Ceasa, mas, segundo a polícia o esquema já era investigado desde junho. Quatro pessoas que estavam em um carro de apoio conseguiram fugir e os dois presos têm antecedentes criminais.
“Eles estão sendo indiciados inicialmente por tráfico de drogas, né? Pode mudar aí também pela associação se a gente chegar na identificação dos outros envolvidos”, explicou o delegado Eduardo Roberto de Souza.

Uma denúncia anônima de tráfico de drogas levou à prisão de outras cinco pessoas que estariam envolvidas com uma quadrilha na Vila Marimbondo.

Na casa de Nathália Ribeiro e Estefane Almeida, a polícia encontrou uma identidade falsa de William Gomes de Oliveira, o Gagaia, chefe da gangue foragido há quatro anos, e apreendeu 5 mil pinos para dolagem de droga, 50 gramas de cocaína, 1.310 pedras de craque, carregadores de pistola e balança.

Fábio Henrique Andrade, que seria gerente do tráfico, também foi detido. Em outro endereço, Bruna Santos Perpétuo e Dimas de Almeida Silva foram presos com mais de 2 mil pedras de crack e balanças.

“Eles não tiveram como negar a posse da droga, mas tentaram se esquivar de informar para quem estavam traficando”, disse a delegada Renata Lima.

Ainda em Contagem, três suspeitos de desmanche de veículos foram presos em um lava jato, enquanto trocavam peças de uma moto. Eles negaram o crime. Segundo a polícia, o dono do lugar não sabia do esquema.

Segundo a polícia, todos os suspeitos presos em flagrante disseram que são inocentes.

Por Bom Dia Minas, Belo Horizonte

NOTÍCIAS IMPORTANTES