Deputado Sargento Rodrigues recebe visita do vereador de Ipatinga

ipatinga4O deputado Sargento Rodrigues recebeu na manhã desta segunda-feira, 08/04, a visita do vereador da cidade de Ipatinga, Antônio Geraldo Benedito, mais conhecido como Toninho Bethânia (PcdoB),   do advogado e Sargento da reserva da  Polícia Militar, Geraldo Lopes de Paula, do Senhor Gilmar Gomes Ferreira, bem como do diretor do Centro Social dos Cabos e Soldados do município, Wellington Mendes Gomes.  

Durante a visita os companheiros apresentaram a planta e a documentação de um terreno, de aproximadamente 50 mil m² e de propriedade do Estado, solicitando o empenho do deputado para viabilizar a construção de unidades habitacionais  para os policiais e bombeiros militares da cidade.

Rodrigues recebeu a documentação do referido terreno e assumiu o compromisso, após entendimentos com o grupo, de apresentar Projeto de Lei que viabilize atender à reivindicação.

Ao fim do encontro, Sargento Rodrigues parabenizou a iniciativa dos presentes,  comprometendo-se a visitar o município para conversar sobre o assunto com a atual prefeita, Cecília Ferramenta.

 

ipatinga3

 

Deputado Sargento Rodrigues presta contas dos mandatos no Norte de Minas


joaquimfeliciookO deputado Sargento Rodrigues passou mais um fim de semana viajando para prestar contas dos mandatos aos eleitores das cidades de Santo Hipólito, Joaquim Felício, Engenheiro Navarro, Taioberas, Salinas e Francisco Sá.

Durante os encontros, o deputado pontuou os feitos desses 14 anos de mandatos. Ao todo, são 35 leis aprovadas, sendo que grande parte delas trouxeram benefícios diretos para os servidores públicos em geral. Ressaltou, também, a melhor negociação salarial de todos os tempos, 101% em quatro anos.

Além de prestar constas dos mandatos, a viagem proporcionou o reencontro entre o deputado Sargento Rodrigues e o companheiro dos tempos de ROTAM, Sargento Lima, na cidade de Santo Hipólito.

Já em Salinas, ao agradecer a presença dos familiares presentes na reunião, Rodrigues lembrou que seus pais são nascidos em Amparo do Sítio pertencente ao município de Rubelita, à época distrito de Salinas.

Na oportunidade, Sargento Rodrigues agradeceu o apoio recebido e reafirmou o compromisso de dar continuidade ao trabalho sério e transparente.

Ao fim das Reuniões Sargento Rodrigues agradeceu os policiais militares, civis, servidores do judiciário e todos os familiares presentes, aproveitando o momento para destacar a importância dos eleitores nas reuniões promovidas.

 

taiobeiras1ok
Reunião de prestação de contas em Taiobeiras

 

taioberasok

Reunião de prestação de contas em Taiobeiras

 

 salinasok
Reunião de prestação de contas em Salinas

 

franciscos-ok

Reunião de prestação de contas em Francisco Sá


Carga horária de policiais e bombeiros militares recebe parecer favorável na Comissão de Administração Pública

04.04.13-plc33-adm-publicaA Comissão de Administração Pública aprovou, nesta quinta-feira, 04/04, parecer favorável ao Projeto de Lei Complementar 33/12, de autoria do deputado Sargento Rodrigues que visa estabelecer em  lei, a carga horária mínima e máxima semanal dos policiais e bombeiros militares de Minas Gerais.

O Projeto de Lei Complementar 33/12 que tramita em primeiro turno na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), já foi apreciado pela Comissão de  Constituição e Justiça, que também emitiu parecer favorável à matéria.

Durante a reunião, o deputado Sargento Rodrigues, que há 10 anos luta pela aprovação da matéria, ressaltou que, com a aprovação da PEC dos domésticos, os policiais e bombeiros militares são os únicos no Estado que ainda não têm  a jornada de trabalho estabelecida em Lei.  “O que existe vigente na polícia e no bombeiro militar de Minas Gerais é uma carga horária de trabalho escravo”, pontuou.

Para Rodrigues, o comando das duas corporações precisa entender que o policial e o bombeiro militar são seres humanos como qualquer outro e que a carga horária precisa ser respeitada. Afirma, também, que a carga horária praticada atualmente acaba trazendo uma série de prejuízos do ponto de vista físico e psicológico.

O PLC 33/12, segue agora, para apreciação nas Comissões de Segurança Pública e Fiscalização Financeira e Orçamentária.

 


Comissão de Direitos Humanos irá discutir as péssimas condições de trabalho causadas pelo déficit do quadro de servidores do TJMG

direitos-humanos-03-04A Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) aprovou nesta quarta-feira, 03/04, requerimento de autoria do deputado Sargento Rodrigues em conjunto com o deputado Rogério  Correia (PT), para a realização de audiência pública visando debater a sobrecarga e as condições de trabalho dos servidores do Judiciário.

De acordo com os parlamentares, a atual situação de trabalho dos servidores do Judiciário no Estado afeta as condições humanas do ser humano, transformando-o, consequentemente, em uma atividade degradante.

Requer, ainda, que seja discutido o déficit do quadro de servidores do Tribunal de Justiça  de  Minas Gerais, tendo em vista que, até o momento, não foram efetivadas as nomeações dos aprovados no último concurso público.

O deputado Sargento Rodrigues ressalta seu apoio à reivindicação dos servidores, afirmando que com a força da mobilização e com a consciência da classe, conseguirão romper as barreiras impostas pelo Tribunal de Justiça.  Para ele, não há justificativa para que as autoridades não mantenham o diálogo com seus subordinados, recebendo e avaliando suas reivindicações.

Para participar da audiência serão convidados representantes do Sindicato dos Servidores da Justiça de Primeira Instância do Estado de Minas Gerais (SERJUSMIG); do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG); do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG); da Corregedoria Geral de Justiça; da  Defensoria Pública de Minas Gerais; do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).


Comissão de Segurança Pública irá discutir segurança em fóruns do Estado

seg.pub.1A requerimento do deputado Sargento Rodrigues, a Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) aprovou nesta terça-feira, 2/04, a realização de audiência pública para discutir a segurança de magistrados, serventuários, advogados e jurisdicionados nos fóruns do Estado.

Durante a reunião da Comissão, Sargento Rodrigues lembrou que a falta de segurança nos fóruns é um problema antigo enfrentado pelos servidores do Poder Judiciário. “Nos últimos anos, vimos juízes e promotores ameaçados e vários ataques aos prédios de diversas Comarcas do Estado”.

A audiência está agendada para o dia 16/04, terça-feira.

Outros Requerimentos...

A Comissão de Segurança Pública aprovou, também, requerimento do deputado Sargento Rodrigues que solicita o encaminhamento do pedido de providências ao Procurador-Geral de Justiça do Estado de Minas Gerais, para acompanhar as investigações e a conclusão do inquérito, com posterior desenvolvimento de procedimentos cabíveis, no que diz respeito ao estudante de medicina, José Maurício de Figueiredo preso pela prática do exercício ilegal da medicina e falsidade ideológica na cidade de Carbonita.

Segundo o boletim de ocorrência nº M0712-2013-0000095, registrado por policiais militares da 23ª CIA PM independente, o estudante foi contratado pelo prefeito de Carbonita, Marcos Joseraldo Lemos (PT) para trabalhar no atendimento à população, no hospital São Vicente de Paula.

Rodrigues solicitou, ainda, manifestação de aplausos ao 3º Sargento Orlando Costa de Sousa e ao Cabo Aureliano Muniz, responsáveis pela prisão do estudante, bem como o envio de pedido de providências ao Presidente do Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais, com o intuito de apurar possível conduta de improbidade administrativa praticadas pelo prefeito.

O deputado pontuou que o prefeito tentou intimidar os policiais, usando de pressão política, cortando o convênio da prefeitura com a polícia militar da cidade.

Por fim, o deputado parabenizou a atitude dos policiais militares da cidade, criticando o prefeito pelo desserviço prestado à sociedade e a segurança pública local.

Outros requerimentos de manifestação de aplausos do deputado Sargento Rodrigues, foram, aprovados pelos deputados da Comissão. Um deles, destina-se à Sargento PM Júnia Dias Murta, atualmente aposentada, pela participação em operação que consagrou a primeira prisão em flagrante realizada por uma policial feminina em Minas Gerais.

Segundo o deputado, este fato, parte da história da Polícia Militar feminina, completou 30 anos em janeiro ultimo.

Veja abaixo os demais requerimentos aprovados:

Requerimento 1.1

Requerimento 1.2

Requerimento 2.1

Requerimento 2.2


NOTÍCIAS IMPORTANTES