SAÚDE DE POLICIAIS MILITARES, BOMBEIROS E FAMILIARES ESTÁ PREJUDICADA DEVIDO AO CALOTE DO GOVERNO DO PT

Primeira coisa que o Governador fez, quando assumiu governo, ele e todos os líderes do PT e do PMDB dessa Casa, sempre repetem a mentira mil vezes até virar verdade dizendo que pegaram o Estado com essa dívida de 7 bilhões. Mentira! Mentira! E eu afirmo que é mentira! Por que é mentira deslavada? Porque se tivesse devendo, não tinha criado seis secretarias, não tinha inchado a máquina pública de cargos comissionados. Todos nós sabemos disso. Todos nós sabíamos como está a Cemig. O andar da Cemig vai cair de tantos companheiros do PT, com cargos de 5 mil, 10 mil e 20 mil. Vieram de onde? De Brasília quando a Dilma foi cassada; de Tarso Genro quando perdeu a eleição do Rio Grande do Sul; do Haddad em São Paulo quando perdeu. Todos vieram parar aqui na Cidade Administrativa.

A saúde está o caos. Para a educação, o governo não repassa o dinheiro do transporte e merenda escolar para crianças pobres. Não repassa o ICMS para os municípios. Está dando calote! Mas não faltam os 100 milhões para propaganda oficial. Não faltam cargos comissionados aos milhares para abrigar os companheiros do PT. Isso não falta. Agora, não está repassando dinheiro para as clínicas conveniadas, para os médicos, para os dentistas da rede credenciada do IPSM (Instituto de Previdência dos Servidores Militares).

Existe uma dupla de coronéis da PM que são os “bambambam”: Helbert Figueiró de Lourdes, Comandante Geral da PM, e um tal de André Leão, que criou um título de subcomandante geral, “pomposo”. Onde estão os dois coronéis? Onde está o Comandante Geral e o Chefe do Estado-Maior? Por que não cobram do governador? Vai esperar a tropa morrer a míngua sem médico? Sem dentista? Sem consulta? Vai esperar para apertar o governador? Vai continuar na cadeira com ar-condicionado? Com um cafezinho?

O senhor André Leão indo para o Texas gastou 13 mil reais de diárias, enquanto isso a tropa sofrendo com colete vencido, munição vencida, armamento obsoleto, viaturas em péssimo estado e agora sem a retaguarda da saúde. Quem disse isso foi o Diretor-Geral do IPSM, o Coronel PM Cassavari.
O Governo não repassa os recursos, enquanto o Coronel Herbert Figueiró de Lourdes e esse André Leão só no ar-condicionado, numa boa, R$40.000 de salário, porque recebem abono permanência, e a tropa sofrendo aos extremos sob o comando do governo do PT.

É um absurdo! É uma vergonha que os Chefes de Polícia, Comandante Geral da PM e o Chefe do Estado-Maior, estejam de braços cruzados, atrás do ar-condicionado. Se acharam que eu cruzaria os braços e não cobraria dos senhores, estão enganados. Primeiro, é dever do Comandante Geral da PM e do Chefe do Estado-Maior apertar esse governo e exigir o repasse do dinheiro.

Leia o comunicado do IPSM aqui.

Veja o vídeo aqui.

 

NOTÍCIAS IMPORTANTES